De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Desporto

Heriberto Tavares: vitória sobre Liechtenstein e Suíça para chegar à liderança

O internacional sub-21 Heriberto Tavares considera importante Portugal vencer o Liechtenstein e a Suíça para ultrapassar a Roménia no primeiro lugar do grupo 8 de apuramento para o Euro2019 de futebol e discutir o apuramento direto.

“É importante ganharmos estes dois jogos, com o Liechtenstein e a Suíça, para chegarmos ao primeiro lugar do grupo. Vamos encará-los da mesma forma de sempre, um de cada vez, para ganhar, mas sem estar obcecado pelos golos que hão de aparecer naturalmente”, disse o jovem avançado do Benfica B a propósito do duplo compromisso da seleção de sub-21 frente ao Liechtenstein e à Suíça.

Heriberto Tavares não só promete que a seleção vai encarar os dois jogos para ganhar, como tambémm diz que vai apresentar “um futebol de qualidade, atrativo, interessante”.

O avançado do Benfica já leva 14 golos marcados esta época, 12 na II Liga e dois na International Youth League, números que não o fazem ‘embandeirar em arco’ quando lhe pedem uma opinião sobre os mesmos.

“Gosto de jogar na frente de ataque e dou sempre o máximo. A rapidez e a técnica são as minhas melhores características. As minhas referências no futebol são esquerdinos, o Sané, o Messi, o Robben, mas também o Ronaldo e o Ribéry”, disse Heriberto, ex-companheiro de Rúben Dias, defesa-central cuja lesão o vai impedir de se estrear pela seleção A.

Heriberto conhece bem o central e assegura que este vai reagir positivamente ao infortúnio: “Ele é muito forte psicologicamente, não se vai deixar abater. Foi uma infelicidade, mas tenho a certeza de que vai voltar a justificar outra convocatória para a seleção A quando estiver recuperado.”

De resto, jogar pela seleção principal é também o sonho de Heriberto: “Tenho esse sonho, quero fazer parte desse espaço e para isso tento aprender com o ‘mister’ Rui Jorge e acredito que vou alcançar esse objetivo se me mantiver concentrado e a trabalhar no duro.”

A seleção de sub-21 defronta o Liechtenstein no dia 23 de março, em Tondela, e a Suíça no dia 27, em Neuchatel.

A Roménia lidera o grupo 8 com 12 pontos em seis jogos disputados, seguida da Bósnia Herzegovina, com nove pontos em cinco jogos, de Portugal, com sete pontos em quatro jogos, do País de Gales com sete pontos em cinco jogos, da Suíça com sete pontos em seis jogos e do Liechtenstein com zero pontos em quatro jogos.

Na fase de qualificação para o Europeu de 2019, que se disputa em Itália e em San Marino, competem 54 seleções por 11 vagas na fase final, visto que a seleção italiana está automaticamente qualificada.

Os nove vencedores dos grupos qualificam-se diretamente para a fase final, aos quais se juntam as duas equipas apuradas de um ‘play-off’ a disputar entre os quatro melhores segundos classificados.