De que está à procura ?

Mundo

Veja se tem destes livros em casa. Podem ser venenosos

Durante o século XIX, vários livros foram encadernados com um tecido colorido que contém um pigmento conhecido como verde esmeralda, que está misturado com arsénio. Este é um composto extremamente tóxico e venenoso.

Muitos destes livros continuam espalhados por estantes de casas. Como tal, Melissa Tedone, do Museu, Jardim e Biblioteca de Winterthur, em Delaware, criou o Poison Book Project, para rastrear e recolher estes livros venenosos.

Até agora já foram identificados 88 livros com capas ou elementos decorativos verde esmeralda, escreve a National Geographic.

Quase 50% das encadernações analisadas para este projeto até hoje continham chumbo na capa. A análise de uma variedade de cores de capas de livros também identificou arsénio, bário, cromo, cobre, ferro e mercúrio.

Embora estes livros venenosos provavelmente causem apenas danos ligeiros, não estão totalmente isentos de riscos.

Pessoas que mexam regularmente neles, como bibliotecários ou investigadores, podem acidentalmente inalar ou ingerir partículas que contêm arsénio, o que pode deixá-los letárgicos e com tonturas, diarreia, cólicas e/ou irritações na pele.

Em casos mais extremos, pode causar insuficiência cardíaca, doença pulmonar, disfunção neurológica e até mesmo morte.

É difícil prever quantos livros como estes haverão, mas Tedone estima que haja milhares deles espalhados por todo o mundo. “Qualquer biblioteca que colecione livros de editores com encadernação de tecido de meados do século XIX provavelmente terá pelo menos um ou dois”, salientou.

O verde esmeralda, também conhecido como verde-paris, é o produto da combinação de acetato de cobre com trióxido de arsénio, que resulta em acetoarsenito de cobre. Tido como um dos primeiros inseticidas de sempre, terá começado por ser comercializado em 1814 como um mero pigmento para tintas, devido à cor verde intensa que apresentava.

A toxicidade do arsénio era conhecida na altura, mas a cor vibrante era popular e barata de produzir.

O primeiro livro encontrado por Tedone com uma capa verde esmeralda continha uma média de 1,42 miligramas de arsénio por centímetro quadrado. Uma dose letal de arsénio para um adulto é de aproximadamente 100 miligramas, o equivalente a um grão de arroz.

TÓPICOS