De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Comunidades

Um português na origem dos protestos dos “coletes amarelos”?

Chama-se Leandro António Nogueira e há cerca de um ano criou um grupo Facebook intitulado “Vous en avez marre? c’est maintenant! Colère +dept“. Este português da Póvoa de Varzim, a viver no sul de França, poderá estar na origem dos movimentos que agora são conhecidos como “coletes amarelos”.

O grupo criado por Leandro António Nogueira no início de 2018 tinha como principal objetivo protestar contra os novos limites de velocidade – que foram reduzidos nas estradas nacionais francesas. Os ativistas “abriram” algumas portagens no sul de França, na região da Dordogne, e bloquearam algumas estradas.

Os grupos de “colère” (raiva, em português) multiplicaram-se e Leandro António Nogueira terá sido preso por ter “bloqueado a circulação automóvel”.

Quem diz que Leandro António Nogueira está na base daquilo que se está a passar em França com os “coletes amarelos” é o jornal BuzzFeed, especialista em questões ligadas às redes sociais. Em artigo publicado hoje, assinado por Ryan Broderick, afirma-se que os tumultos que viveu Paris têm por base o grupo criado pelo português e a mudança de algoritmo do Facebook.

Segundo o BuzzFeed, os grupos “Colère” começaram a aparecer depois do primeiro ter sido lançado por Leandro António Nogueira e potenciados pela mudança de algoritmo no facebook. “No mesmo mês em que Nogueira lançou o seu primeiro grupo, Mark Zuckerberg anunciou uma mudança de algoritmo no “feed” de notícias para combater a desinformação (…) e que daria prioridade às edes locais”. Assim, os grupos locais e regionais foram-se tornando virais mais rapidamente.

Os protestos dos grupos de “colère” acalmaram, mas em maio uma mulher de Seine-et-Marne, Priscillia Ludosky, criou um abaixo-assinado em linha para pedir que os preços dos carburantes fossem reduzidos. Lentamente o abaixo-assinado cresceu e atingiu um milhão de assinaturas, enquanto que nas redes sociais

Este movimento de protestos, ligado aos grupos de “colère” iniciados por Leandro Nogueira, terá inspirado um vídeo que Ghislain Coutard,um francês de Narbonne, publicou em 24 de outubro e que tem mais de 5 milhões de visualizações. Nesse vídeo, Coutard propõe aos franceses que protestem contra os preços dos combustíveis vestindo o colete amarelo que todos os automobilistas europeus são obrigados a ter nos veículos.

E a partir daí já sabe como a história continuou…