De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Lifestyle

Talentos portugueses participam no Festival de Cinema de Berlim

Três profissionais portugueses vão participar no programa de Talentos do Festival de Cinema de Berlim, anunciou a organização do evento que pretende desenvolver o trabalho coletivo.

Entre os 255 participantes estão ainda nove profissionais brasileiros e a moçambicana Lara Sousa, que vai levar a Berlim o projeto “O Navio e o Mar”, uma coprodução entre Brasil, Espanha, Moçambique e Portugal, que questiona “o que significa ser negro em África e na Diáspora”.

“Através de relatos de viagens, realizadoras brasileiras e moçambicanas fazem viagens cruzadas ao outro país num ensaio filmado para abordar o assunto da identidade negra a partir de dentro e de fora de África”, pode ler-se na sinopse.

Os participantes portugueses são a ‘sound designer’ Joana Niza Braga (que trabalhou em filmes como “Variações”, “Colour Out of Space” ou “Free Solo”, que venceu o Óscar para Melhor Documentário em 2019), o realizador e argumentista José Magro (que criou as curtas-metragens “Viagem”, “Letters from Childhood” e “Rio entre as Montanhas”) e o realizador e editor Paulo Carneiro (de “Bostofrio”).

Do Brasil, surgem a realizadora Luciana Baseggio, o produtor e argumentista André Mielnik, a diretora de arte Ana Musa, a ‘sound designer’ Bianca Martins, o realizador Fabiano Mixo, a produtora Diana Almeida, o ator e realizador Jorge Neto, o ‘sound designer’ Guilherme Farkas e a diretora de arte Luana Demange.

Segundo comunicado da organização, os 255 profissionais vão a Berlim apresentar cerca de 40 projetos em desenvolvimento para serem “aperfeiçoados em laboratórios e apresentações”.

O diretor artístico do festival, Carlo Chatrian, e a diretora-executiva, Mariette Rissenbeek, deram as boas-vindas aos selecionados: “Na Berlinale, valorizamos tanto os filmes como os processos coletivos que moldam estas histórias. As nossas relações duradouras com quem está atrás e diante de uma câmara são o que queremos expressar e acarinhar com os Talentos da Berlinale”.

Também foi anunciado que a coprodução lusobrasileira “Toll”, da brasileira Carolina Markowicz, vai estar no mercado de coproduções de Berlim.