De que está à procura ?

Desporto

Rio Ave: união do grupo foi o grande trunfo

© Lusa

O treinador do Rio Ave, que confirmou o regresso do clube à I Liga de futebol, apontou a “união do grupo como o grande trunfo” para o sucesso, considerando ser “um justo campeão” do segundo escalão.

“É um momento de grande alegria. Foi um ano de trabalho muito duro, mas dava para sentir, no dia a dia, que a equipa tinha personalidade para conseguir subida de divisão e ser campeã. Além do talento, a união e solidariedade do grupo foi o grande trunfo. O resto foi futebol”, disse Luís Freire, em declarações à agência Lusa.

O treinador, de 36 anos, falou num campeonato “muito competitivo e com grandes equipas”, para lembrar as dificuldades de recolocar o Rio Ave no principal patamar do futebol nacional, um ano depois de ter descido à II Liga.

“Defrontámos equipa muito boas, como hoje aconteceu frente ao [Desportivo de] Chaves, que tem qualidade para ainda discutir a subida no ‘play-off’, mas, no final, sinto que somos uns justos campeões. Fizemos uma grande segunda volta, com 40 pontos, ganhámos os duelos diretos, e apresentámos um futebol. Foi uma subida indiscutível”, completou o técnico.

Sobre a sua continuidade no emblema da foz do Ave, onde chegou no início da época, Luís Freire revelou vontade de tal acontecer.

“Sou muito feliz no Rio Ave e sei que a direção confia no meu trabalho. Ainda não falámos do futuro, porque estava tudo em aberto, mas, agora, após os festejos, vamos sentar-nos e conservar. Não será difícil um entendimento”, partilhou.

Quem também deve continuar é o capitão de equipa Vítor Gomes, que regressou esta época ao clube “para ajudar a colocar o clube onde merece”.

“É uma felicidade enorme dar aos nossos adeptos, gente de trabalho, humilde, esta grande alegria. Este clube merece, paga a tempos e horas. Dá as melhores condições aos jogadores e só tem de estar na I Liga”, afirmou Vítor Gomes.

Já o experiente defesa central Aderllan Santos, que foi um dos jogadores que ficou no plantel após a descida divisão, na época passada, considerou que este sucesso “foi uma forma de retribuir aos adeptos todo o apoio dado”.

“A época passada foi difícil para todos nós, principalmente os que ficaram. Andámos toda esta temporada com peso de ter de recuperar a imagem do clube. Fico muito feliz por ter ajudado a retribuir todo o carinho que recebi”, desabafou o defesa central.

TÓPICOS