De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Comunidades

PS bate PSD no círculo da Europa

PS e PSD elegeram um deputado cada um no círculo eleitoral da Europa. A percentagem de votos obtida por cada um dos partidos, no entanto, demonstra uma clara supremacia do PS nos votos das comunidades portuguesas na Europa.

Com os votos dos 18 consulados do círculo da Europa apurados, o PS obteve 31.362 votos (29,06%), seguido pelo PSD, com 20.254 votos (18,77%), BE com 6.106 votos e 5,66%, PAN com 5.296 votos e 4,91%, CDS-PP com 3.179 votos e 2,95%, e CDU com 2.712 votos e 2,51%. Em termos de mandatos estes resultados traduziram-se na eleição do socialista Paulo Pisco e do social-democrata Carlos Gonçalves.

Já na diáspora portuguesa fora da Europa registou-se uma tendência diferente, com o PSD a receber a maioria dos votos. Pelo círculo Fora da Europa, com os nove consulados apurados, o PSD ficou à frente com 16.806 votos e 33,39%, seguido pelo PS com 10.163 votos e 20,19%, PAN com 2.357 votos e 4,68%, CDS-PP com 2.141 votos e 4,25%, PDR com 1.744 votos e 3,46%, BE com 1.404 votos e 2,79%, Iniciativa Liberal com 1.262 votos e 2,51%, PNR com 1.046 votos e 2,08%, Aliança com 611 votos e 1,21%, e CDU com 520 votos e 1,03%.

Neste círculo, os socialistas elegeram o ministro indigitado dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva (que cederá o lugar a Paulo Porto Fernandes), e os sociais-democratas o antigo secretário de Estado das Comunidades Portuguesas José Cesário.

Nos círculos do estrangeiro houve 158.252 votantes para 1.466.754 inscritos, situando-se a taxa de abstenção em 89,2%.