De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Portugal

“Não vai ser um Natal igual aos outros”

A ministra da Saúde, Marta Temido, afirmou esta quarta-feira que por muito que a situação epidemiológica melhore, a pandemia da covid-19 não permitirá ter um Natal “igual ao dos anos anteriores”.

“Neste momento estamos ainda a lutar para chegar o melhor possível aos primeiros dias de dezembro (…) mas há uma coisa que é já muito clara: não vamos poder ter um Natal igual ao dos anos anteriores. Por muito que a situação epidemiológica melhore”, disse a governante.

Marta Temido falava em conferência de imprensa nas instalações da Administração Regional de Saúde do Norte depois de ter visitado de manhã os concelhos de Guimarães e Vila Nova de Famalicão, ambos do distrito de Braga.

Depois de ter feito uma análise das reuniões que manteve de manhã, concluindo que o país tem mostrado “capacidade de utilizar o melhor que tem do sistema de saúde e do Serviço Nacional de Saúde”, Marta Temido respondeu a questões relacionadas com a adoção de medidas em locais do país com maior risco de contágio.

“Precisamos de nos concentrar em quebrar cadeias de transmissão e conter a doença. Alguns países que iniciaram o crescimento desta segunda vaga mais cedo e que adotaram medidas de contenção mais cedo, estão já a conseguir antecipar um pouco melhor o que vai ser o mês de dezembro. Nós também estamos a fazer essa análise e essa avaliação”, disse.

Sobre o Natal, a ministra, além do alerta sobre a necessária mudança de rotina face a anos anteriores, disse que “só daqui a algum tempo conseguiremos perceber qual o nível de restrição que teremos nessa altura do ano”.