De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Colunistas

Mais um dia de quarentena mas as melhoras não chegam

Ter o filhote em casa sempre e mais fácil pois ajuda a fazer coisas e a levar os problemas de outra maneira. Na visão das crianças sempre se vê tudo mais fácil.

Normalmente diz-se que em casa de ferreiro, espeto de pau, e é bem verdade. Como sou carpinteiro sempre tenho alguma coisa de madeira para compor. Estive todo o dia a fazer trabalho de carpinteiros, exceto em algum momento em que estava cansado e perdi o ajudante 🙂

Quanto ao tema da pandemia, estou sempre acompanhado de rádio e vão-se escutando as notícias. Concluo que as melhoras tardarão dias a chegar na minha opinião pessoal. É muito difícil gerir uma crise sem precedentes na Europa. Vão chegando notícias desde o governo espanhol que não são nada animadoras.

De momento os governantes espanhóis vão dizendo, como em todos os países, que ajudarão os empresários e trabalhadores, mas de momento nem anulação de impostos nem as respetivas contribuições. Começa a haver muito descontentamento e começa a haver quem afirme que não se decreta o confinamento total para poder continuar a receber impostos. Em Espanha se não se decreta o confinamento total o governo pode continuar a receber e a por multas e juros a quem não paga no dia assinalado.

O setor sanitário esta quase no abismo: não há mascaras para todos, pede-se a voluntários para as fabricar em casa, muitas empresas oferecem material de forma altruísta. Neste momento são 5.400 os profissionais de saúde contagiados, ou seja, 13%.

Por último, uma palavra aos nossos emigrantes. Por favor não vão para Portugal pois estão a por em risco quem lá está e a vocês mesmos durante a viagem. Por favor FIQUEM EM CASA!

Jorge Seixas