De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Portugal

Jovem emigrante na Suíça morre no Hospital de Cascais com a doença do beijo

Bárbara Barata Batista, de 18 anos, estava de férias com os pais, portugueses a viverem na Suíça, quando começou a sentir-se doente. Deu entrada no Hospital de Cascais com febre e um dia depois os pais recebiam a notícia de que a jovem tinha falecido, revelou a TVI.

Segundo a estação de televisão que falou com os pais de Bárbara, estes afirmam que as febres não eram graves. A jovem deu entrada no hospital sexta-feira dia 18 de agosto, e depois da triagem foi-lhe atribuída uma pulseira verde, dada aos casos que não considerados graves.

Cerca de duas horas depois, após ser observada e ser sujeita a diversos exames (raio-x, análises, ecografia), Bárbara foi transferida para uma área mais prioritária. Pela meia-noite, soube que teria que ficar internada, depois de ser diagnosticada com uma mononucleose, também conhecida como doença do beijo, infeção que se caracteriza por febres altas e inflamação da garganta.

No dia seguinte, a jovem foi transferida para os cuidados intensivos e às 12h30 o óbito foi declarado.

Os pais estão revoltados com a situação e garantem que na Suíça “isto não teria acontecido”, motivo que os leva a ponderar pedir uma segunda autópsia naquele país. Querem perceber o que se terá passado e lamentam que ninguém do hospital os tenha contactado para poderem despedir-se da filha.