De que está à procura ?

Desporto

Inglaterra quer banir cabeceamentos no futebol sub-12

© DR

A Football Association (FA), autoridade inglesa para o futebol, quer proibir os cabeceamentos no futebol jogado por menores de 12 anos. A medida está em testes, mas com vista a entrar em vigor.

Os cabeceamentos deliberados podem vir a ser proibidos no futebol “sub-12” em Inglaterra. Na próxima época começa o período experimental nos campeonatos, como refere a Tribuna.

A FA obteve autorização para testes por parte do organismo legislador do futebol, o International Football Association Board (IFAB). Tem como objetivo que, a partir da época 23/24, a medida entre em ação.

Em 2020, começou um processo que aconselhava os treinadores a não praticar o cabeceamento com crianças de 11 anos ou menos. A habilidade seria apenas progressivamente incluída entre os 12 e os 16 anos. Mesmo no futebol profissional se quer diminuir a 10 cabeceamentos de força alta por semana em treinos e no jogo.

Em causa está a ligação entre o cabeceamento frequente numa bola e doenças neurodegenerativas. O “The Athletic” refere que a habilidade relaciona-se com demência. Um estudo apresenta que ex-futebolistas escoceses originários de entre 1900 e 1976 eram três vezes e meia mais propensos a ter a doença como causa de morte.

TÓPICOS