De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Motores

Há um lugar vago na Ferrari

Sebastian Vettel irá deixar a Ferrari no final da temporada. O anúncio foi feito pela escuderia italiana e deixou bem claro que a saída acontece por mútuo acordo e que já não existia o desejo de trabalhar juntos de parte a parte.

O alemão estava ao serviço da Ferrari desde 2015 e chegou com um cartão-de-visita assinalável, com quatro títulos de campeão do mundo ao volante de um Red Bull.

Em 101 corridas efetuadas na Ferrari subiu 14 vezes ao lugar mais alto do pódio, sendo o terceiro piloto com mais vitórias ao serviço da equipa italiana, atrás de Michael Schumacher e Niky Lauda.

Falhou, até ao momento, o grande objetivo de conquistar o Campeonato do Mundo de Fórmula 1, título que escapa à equipa desde o triunfo de Kimi Räikkönen em 2007. Terá uma derradeira oportunidade se a pandemia de covid-19 não impedir a temporada de 2020 de ir avante.