De que está à procura ?

Portugal

Empresa de Luís Filipe Vieira no Luxemburgo deu prejuízo

A Benfica International, empresa criada no Luxemburgo na altura em que Luís Filipe Vieira era presidente e que esteve sob a investigação do Ministério Público, ainda existe e deu um prejuízo de 161 euros, de acordo com os dados divulgados pelas águias no Relatório e Contas do clube citado pelo jornal Record.

A sociedade foi criada a 19 de fevereiro de 2021 e na altura tinha três administradores: Luís Filipe Vieira, Domingos Soares de Oliveira, administrador da SAD dos encarnados, e João Sacadura Teixeira, criador e gestor de fundos de investimento sem qualquer ligação ao Benfica.

Como é explicado no relatório, o Benfica explica que esta entidade “tem como objeto social a aquisição, administração, gestão, controlo e desenvolvimento de participações sociais, tendo como objetivo gerir todas as participações sociais em empresas que vierem a ser constituídas em diferentes países.”

No entanto, explicam os encarnados, “a crise provocada pela covid-19 atrasou o processo de internacionalização da marca Benfica, pelo que, até à data, ainda não foi criada nenhuma empresa em territórios internacionais.”

TÓPICOS