De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Portugal

DGS: vacina reduz risco de morte por covid 3 a 6 vezes

O risco de morte nas pessoas com a vacinação completa contra a covid-19 foi, em dezembro, três a seis vezes menor em relação às não vacinadas ou sem o esquema completo, avança a análise de risco da pandemia da Direção-Geral da Saúde (DGS) e do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA).

Em dezembro, ocorreram 171 óbitos (46%) em pessoas com esquema vacinal completo, 32 (9%) em pessoas com dose de reforço e 168 (45%) em pessoas não vacinadas ou com vacinação incompleta.

Em Portugal, mais de 8,7 milhões de pessoas têm a vacinação primária completa e cerca de 3,6 milhões já receberam a dose de reforço.

“O risco de morte para os casos diagnosticados em dezembro, medido através da letalidade por estado vacinal, foi três a seis vezes menor nas pessoas com vacinação completa em relação às pessoas não vacinadas ou com esquema incompleto”, adianta o relatório hoje divulgado.

De acordo com as “linhas vermelhas”, nos idosos com 80 e mais anos, a dose de reforço reduz o risco de morte por covid-19 quase seis vezes em relação a quem tem esquema vacinal completo e mais de 18 vezes em relação aos não vacinados ou com esquema incompleto.

O relatório adianta ainda que, em novembro, os casos com esquema vacinal completo “parecem apresentar um risco de hospitalização aproximadamente duas a cinco vezes inferior aos casos não vacinados”.

O risco de internamento no grupo etário dos 80 ou mais anos para as pessoas com um esquema vacinal completo foi menos de metade relativamente aos casos sem um esquema vacinal completo.