De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Portugal

Covid em Portugal: Madeira com recolher obrigatório até 15 de março

O recolher obrigatório na Madeira foi prorrogado até ao dia 15 de março, revelou esta segunda-feira o presidente do Governo Regional, acrescentando que o alívio das medidas em vigor na ilha está dependente da evolução pandémica da covid-19 no arquipélago.

À margem da cerimónia alusiva ao 108.º aniversário do Corpo de Polícia Florestal, Miguel Albuquerque lembrou que a Madeira não está em confinamento, mas numa situação de recolher obrigatório, equilibrando as políticas de contenção da pandemia com as do funcionamento da economia.

“Nós estamos numa situação de contenção, mas, com a economia a funcionar, não há confinamento”, disse.

O governante referiu ainda que o Governo Regional agirá e tomará sempre as medidas em consonância com a evolução da doença no arquipélago e com as orientações das autoridades da saúde, realçando que, até abril, haverá “dois ciclos de incubação”.

O Governo Regional prorrogou assim até ao dia 15 de março as medidas de funcionamento das atividades comerciais, industriais e restauração na Madeira, continuando estes setores a encerrar durante a semana às 18:00 e aos fins de semana às 17:00.

Durante a semana, o recolher obrigatório é às 19:00 e, aos fins de semana, às 18:00.

Prorrogada foi também a medida que determina que, ao sábado e domingo, os restaurantes/bares e similares podem continuar a laborar das 17:00 às 22:00, exclusivamente para a confeção de refeições para entrega ao domicílio.

O Governo Regional decidiu ainda prorrogar até ao dia 31 de março o “prazo de isenção temporária do pagamento de rendas e taxas, aplicando-se as regras da proporcionalidade nas dívidas com vencimento não mensal, decorrentes de contratos de arrendamento habitacional e não habitacional, de contratos de concessão, de autos de cessão a título oneroso, de contratos de direito de superfície, que estejam sob a gestão da Vice-Presidência do Governo Regional e dos Assuntos Parlamentares, através da Direção Regional do Património”.

Esta medidas de contenção da pandemia da covid-19 vigoram a partir das 00:00 de terça-feira até às 23:59 do dia 15 de março de 2021.