De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Mundo

Brasil: Museu da Língua Portuguesa reabre em março

O novo embaixador de Portugal no Brasil disse à Lusa que o governo do estado brasileiro de São Paulo deverá reabrir o Museu da Língua Portuguesa no final de março.

“Ficamos a saber que agora o plano do governo de São Paulo é reinaugurar [o museu da Língua Portuguesa] mais ou menos no final de março”, salientou Luís Faro Ramos, novo embaixador de Portugal no Brasil.

“As autoridades de São Paulo pretendem fazer deste evento uma grande celebração da língua portuguesa. Então ficamos satisfeitos por ver que finalmente este museu poderá ser reaberto”, acrescentou ao comentar as conversações que manteve com as autoridades de São Paulo, durante uma vista a capital do estado.

A previsão de reabertura do museu no primeiro trimestre deste ano já havia sido anunciada pelo governo ‘paulista’ à Lusa em outubro passado, mas as autoridades locais ainda não indicaram a data exata.

Fechado desde dezembro de 2015 após um grande incêndio, o Museu da Língua Portuguesa foi totalmente reconstruído com esforços combinados dos Governos de Portugal e do Brasil, e o patrocínio de instituições privadas como a EDP e a Fundação Roberto Marinho.

Na entrevista, Luís Faro Ramos também elogiou o interesse do governo de São Paulo na construção, edificação, e entrada em funcionamento da primeira Escola Portuguesa do Brasil, um projeto em fase de implantação e sem data de conclusão.

Custeada pelo Governo português, a escola foi aprovada oficialmente em 2019, após quase dois anos depois da assinatura de um protocolo de intenções junto ao governo de São Paulo, que doou o prédio e o terreno.

Questionado sobre os encontros com a comunidade portuguesa de São Paulo, o embaixador salientou que, dentro das circunstâncias da pandemia, foi uma visita muito diversificada.

“Tive encontros institucionais, notadamente com o governo [regional] e com a prefeitura de Câmara da cidade de São Paulo, tive encontros com a comunidade portuguesa, na Casa de Portugal e na Câmara de Comércio Portuguesa, e encontros com comunidades empresárias brasileiras”, explicou.

Luís Faro Ramos frisou que escolheu viajar para a maior cidade do Brasil logo que assumiu o comando da embaixada portuguesa, localizada em Brasilia, “porque São Paulo representa justamente a diversidade daquilo que é ação aqui” do Estado português.

O diplomata informou que deverá visitar o Rio de Janeiro em fevereiro.

No Brasil, o primeiro desafio do embaixador junto a comunidade portuguesa será coordenar um dos centros de votação da eleição presidencial de Portugal no Brasil, a embaixada em Brasília, nos dias 23 e 24 de janeiro.

Questionado sobre medidas sanitárias tomadas para evitar a proliferação do novo coronavirus nos locais de votação – o Brasil é um dos países mais afetados do mundo pela pandemia de covid-19 -, o embaixador português defendeu que “as condições de segurança estão garantidas para quem se desloca para os centros de voto para votar”.

O diplomata também instou os cidadãos portugueses recenseados no Brasil a comparecerem às urnas para escolher o novo presidente.

“Gostaria de aproveitar esta oportunidade para fazer um apelo para todos que podem, que venham votar, não tenham receio”, concluiu.