De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Comunidades

“A pandemia não acabou, antes pelo contrário”

António Gamito (na foto acima) e Jorge Cruz, respetivamente embaixador e cônsul-geral de Portugal no Luxemburgo, na mensagem de boas festas dirigida à comunidade portuguesa do grão-ducado insistem na necessidade de “controlar a pandemia” que, lamentam, “não acabou, antes pelo contrário”.

A comunicação dos dois diplomatas articula-se em torno de três reflexões, sendo a primeira “as medidas adotadas pelo Governo de Portugal no dia 1 de dezembro para controlar a pandemia de covid-19, com tendência crescente no nosso país”.

Na missiva, recordam que estas medidas podem ser consultadas “na página da Embaixada ou do Consulado Geral e ainda no Portal das Comunidades Portuguesas. “Verão que são um pouco restritivas, mas o objetivo é o de todos proteger, muitos de nós que se deslocarão à terra natal para estar com os seus familiares e amigos, assim como todos os que lá estão à nossa espera”, afirmam.

Depois, os diplomatas pedem à comunidade que “quer no Luxemburgo, quer em Portugal, se protejam, assim como aos vossos que la se encontram, recorrendo aos gestos barreira, entre eles o uso de máscara e o distanciamento social. A pandemia não acabou, antes pelo contrário”.

“Por último, todos os elementos da comunidade portuguesa depois de um árduo ano de trabalho e de convívio com o vírus, merecem um intervalo de repouso e confraternização”, afirmam António Gamito e Jorge Cruz, pedindo aos emigrantes que vão de automóvel a Portugal no Natal que “o façam de forma segura para todos, para que os que vão e os que estão a espera se possam reunir em felicidade e paz”.

Os dois diplomatas deixam ainda a todos os portugueses votos de “boas festas para o quadro religioso, familiar e festivo que se aproxima, assim como ainda um excelente 2022”.