De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Europa

TAP cancela dois voos Barcelona-Lisboa por motivos operacionais

A companhia aérea TAP cancelou os dois voos Barcelona-Lisboa previstos para este domingo às 09:00 e 10:40 devido a “razões operacionais”, mas alguns passageiros ficaram descontentes com as alternativas dadas pela companhia para assegurar o seu regresso.

Em declarações à agência Lusa, uma das passageiras, Diana Moreira, lamentou à agência Lusa que a TAP não tivesse informado do cancelamento do voo e que os serviços tenham permanecido indisponíveis telefonicamente durante toda a manhã para prestar informações.

“Informaram-nos no balcão da Swiss Port que o voo tinha sido cancelado e no balcão do ‘check-in’ disseram-nos que a alternativa era virmos num voo com escala em Madrid e com chegada a Lisboa amanhã (segunda-feira) sem direito a hotel, o que para mim é impensável porque tenho de estar hoje em Lisboa”, disse.

Uma outra passageira, Inês Marçal, disse à Lusa que recorreu à página do Facebook para solicitar informações à TAP e que a empresa lamentou o cancelamento, informando-a de que o seu voo tinha sido cancelado e remarcado para segunda-feira às 14:30, não apresentado qualquer outra alternativa.

Ambas as passageiras optaram por adquirir um novo voo noutra companhia aérea para conseguirem realizar a viagem ainda durante o dia de hoje, esperando posteriormente ser reembolsadas pela transportadora aérea.

Fonte oficial da TAP confirmou à Lusa que hoje foram cancelados dois voos com partida em Barcelona e destino em Lisboa por “motivos operacionais”.

Em relação ao voo das 09:00, a TAP diz que o voo foi cancelado no sábado e os passageiros foram alertados.

“Todos os passageiros foram entretanto protegidos e encaminhados para voos durante o dia de hoje, domingo”, refere.

Já os passageiros com bilhete para o voo 1035 com partida às 10:40 foram realocados num novo voo com partida às 14:30 de segunda-feira.

Questionada sobre o pagamento das despesas dos passageiros que foram prejudicados pelos cancelamentos, a TAP diz que os quartos que têm disponíveis para este efeito são “limitados” e nos casos em que não conseguem assegurar a dormida, o passageiro é reembolsado mediante apresentação da fatura.

Já sobre o reembolso de despesas com a aquisição de outros voos, a TAP diz que não assumirá este encargo na medida em que foram dadas alternativas aos passageiros para o regresso.