De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Colunistas

Por amor

E por amor acordo
E por amor me ergo
E por amor sossego
E por amor respiro
Porque tudo me leva ao amor, porque respiro esse ar sem nome que quem sabe também é amor…
E por amor sorrio
Sim, sorrio… sorrio a mim, sorrio a ti, sorrio a todos
E por amor avanço
Avanço nesse traçado ainda imaginado num interior definido e indefinido
E por amor sou
Sou essa que um dia ri, sou essa que um dia chora, sou essa que espera e desespera
E por amor decido
Decido ali ficar, decido continuar, decido ir mais longe nesse além desconhecido
E por amor me defino
Defino um ser burro e inteligente, defino um ser seguro e hesitante
E por amor percorro
Vou percorrer o mundo, vou por aí à descoberta de seres e de não-seres, vou para aí à descoberta de mim mesma, vou por aí sentir as certezas e as incertezas
E por amor me vou no rumo sem rumo porque por amor tudo vale a pena.
BV
18.01.2017