De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Lifestyle

Pagaria por uma massagem vaginal?

Pode parecer estranho, mas esta prática começa a torna-se uma tendência no Reino Unido e nos Estados Unidos.

A quem confiaria as suas partes mais íntimas além do seu ginecologista e a pessoa com quem partilha a cama? Possivelmente a mais ninguém, mas a verdade é que nos Estados Unidos e no Reino Unido, começa a ser cada vez mais uma tendência para as mulheres pagarem para recebem “massagens vaginais” feitas por “profissionais”.

al como explica um artigo da Women’s Health, que entrevistou Isis Phoenix, uma “profissional” na matéria, cada massagem pode custar até 300 dólares, algo como 270 euros, e são feitas com recurso ao vapor e ervas na parte exterior da vagina. E a verdade é que há cada vez mais mulheres a recorrer a este tipo de tratamento nos países referidos.

Quem oferece este tipo de serviços promete benefícios para a mente e para o corpo, tal como o aliviar de sensações como a ansiedade, a baixa auto-estima , a sensibilidade vaginal e, acima de tudo, “mais e melhores orgasmos”.

Katie Travis, do centro ‘Massage Her’, explicou também que estes tratamentos “reduzem os riscos dos diferentes tipos de cancro habitualmente associados às mulheres”. Ao britânico Metro.uk, a massagista diz que faz os seus tratamentos com recuso a velas e incenso, além do tato.