De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Lifestyle

Operadores turísticos de 12 países descobrem o Douro

O Douro recebe durante os próximos 14 operadores turísticos de 12 países, numa ação de divulgação para dar a conhecer hotéis, restaurantes e a animação da região e visa “angariar novos negócios”.

Os operadores estão em Portugal a convite do projeto “O Douro à Volta do Mundo – Magellan World”, promovido pela Associação dos Empresários Turismos do Douro e Trás-os-Montes (AETUR), com sede em Vila Real.

A AETUR disse que os operadores turísticos vão percorrer diferentes locais ao longo de quatro dias “sempre com uma perspetiva de fazer negócio”.

O objetivo é dar a oportunidade de conhecer a paisagem, mas a organização quer também focar a atenção em “aspetos práticos e determinantes” na hora de venderem viagens para o norte de Portugal, como por exemplo a tipologia do alojamento, a restauração e a animação.

“Este conjunto de ofertas vai permitir aos operadores experienciar o que são os valores da oferta territorial do Vale do Douro, materializado em roteiros, circuitos e experiências, suscetíveis de mostrar, de forma geral, a atividade económica que está na base do projeto Magellan World”, afirmou Luís Marques, presidente da AETUR.

Até terça-feira, os operadores turísticos vão ter oportunidade de conhecer, por exemplo, o Porto e o seu centro histórico, as caves de vinho do Porto, em Vila Nova de Gaia, o Palácio de Mateus, em Vila Real, várias quintas e turismos rurais no Douro.

Vão ainda experimentar diferentes provas e experiências vínicas e recreações históricas, conhecer o Museu do Douro, o Mosteiro de Tarouca e a Torre de Ucanha, fazer uma viagem de barco pelo rio Douro e até realizar um ‘workshop’ de barro de Bisalhães, cujo processo de fabrico foi recentemente classificado pela UNESCO como Património Cultural Imaterial da Humanidade.

Com as ações previstas, os operadores vão ter a oportunidade de fazer a ligação natural entre a região produtora, que é o Douro, e o espaço territorial de exportação, que se materializa nas caves da Taylor´s, em Vila Nova de Gaia, município que, segundo a AETUR, “pretende intensificar modelos de cooperação e de visibilidade, através de uma parceria para o acolhimento, promoção e internacionalização do Vale do Douro”.

Os operadores turísticos chegam da Austrália, Brasil, Estados Unidos da América, República Checa, Israel, China, Holanda, Espanha, Rússia, República Eslovaca, Bélgica e Alemanha.

Esta visita faz parte das ações de promoção internacional do Douro, previstas no projeto “O Douro à Volta do Mundo – Magellan World”.

O projeto segue à boleia do navegador Fernão de Magalhães e quer divulgar pelo mundo este território classificado pela Unesco em 2001.

No âmbito desta iniciativa, em setembro, o Douro recebeu ‘bloggers’ e jornalistas especializados de vários mercados internacionais e, depois, em outubro, uma delegação de empresas e instituições deslocou-se a São Paulo, no Brasil, para presentar os seus produtos, o projeto magalhânico e a região.

Esta terceira ação é “totalmente focada na comercialização do vale do Douro”.