De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Colunistas

No domingo vou à festa

Anda o povo ainda a dançar
No meio da roda só vejo o teu rosto
E acredita que de te ver eu gosto
E ainda mais de contigo dançar.

Quando danço não vejo o que me circunda
Minha mente imagina e cria arte
Teus braços são boia que não se afunda
São dois esteios de bronze que não parte.

No domingo eu vou à festa
Anda o povo ainda a dançar
Já não sei que dança é esta
O que eu quero é contigo dançar.

No domingo eu vou à festa
Anda o povo ainda a bailar
O suor já me escorre na testa
Mas continuo sempre a dançar

No domingo te dediquei uma canção
Pedi para dançares a noite inteira
Mulher dançante dona do meu coração
É para ti esta canção no calor da brincadeira.