De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Motores

Luís Oliveira sobe a segundo na geral na Africa Eco Race, Jacinto de fora

O motard português Luís Oliveira (Yamaha) subiu esta sexta-feira ao segundo lugar da geral na quarta etapa da categoria de motos do Africa Eco Race, entre Assa e Fort Chacal, com Elisabete Jacinto (MAN) a abandonar nos camiões.

Oliveira continua em bom plano na prova, cumprindo a especial mais longa do rali, de 499 quilómetros, em 05:47.49 horas, a 8.52 minutos do vencedor da tirada e líder da corrida, o italiano Paolo Ceci (KTM).

Rui Oliveira (Yamaha) também subiu uma posição, para o terceiro lugar, depois de ter sido sétimo na quarta tirada.

Já João Rolo (KTM) continua a subir na tabela, com mais dois lugares conquistados, para 22.º na geral, depois de um dia em que terminou no 21.º posto.

Nos carros e camiões, Elisabete Jacinto foi forçada a abandonar a corrida depois de a equipa não ter conseguido reparar o diferencial da frente do camião, partido durante a etapa de quinta-feira.

Apesar de ter tentado obter um novo diferencial, primeiro junto de concorrentes com veículos da mesma marca, e depois através de um importador, a equipa não conseguiu obter a peça a tempo.

Ainda assim, a equipa vai “prosseguir até Dacar” com a tração traseira, depois da equipa ter arranjado “uma forma de por o camião a rolar na estrada, o que também foi uma experiência inédita”.

“Tenho mesmo muita pena do que aconteceu porque pela primeira vez os amortecedores estavam excelentes, o que me permitira andar bastante rápido. O José [Marques] estava a navegar na perfeição e tudo corria lindamente quando este desaire sucedeu. Foi de facto uma enorme frustração para todos”, referiu a piloto, em declarações à sua assessoria de imprensa.

No sábado, os pilotos cumprem 632 quilómetros entre Fort Chacal e Dakhla, na Mauritânia, 436 deles cronometrados, antes do dia de descanso, marcado para domingo.