De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Europa

José António Falcão escolhido para comité internacional sobre religião

O historiador de arte José António Falcão foi escolhido para fazer parte do Comité Científico Internacional para os Lugares de Religião e Ritual (PRERICO), com sede em Paris, foi divulgado esta segunda-feira pela associação Pedra Angular.

José António Falcão, de 48 anos, atual vice-presidente da organização Europae Thesauri e diretor-geral do Festival Terras sem Sombra, é o primeiro português a fazer parte do PRERICO, comité que integra o Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (ICOMOS).

O PRERICO tem como missão a investigação na área dos rituais, monumentos e locais de índole religiosa no mundo, tradições e crenças locais, as heranças religiosas e locais sagrados, incluindo seu significado intangível.

O historiador da arte José António Falcão é autor de vários ensaios e monografias, nomeadamente “Do Espiritual na Arte. Identidades e Práticas Musicais na Europa dos Séculos XVI-XXI” (2017). Exerceu funções no Museu de Évora, na Casa dos Patudos, em Alpiarça, e no Museu Calouste Gulbenkian, em Lisboa, entre outras instituições.

O investigador presidiu ao Organismo de Produção Artística (Opart), de 2014 a 2015, e dirigiu o Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja até ao ano passado, quando foi extinto pelo bispo de Beja, João Marcos.

“O Alto-Relevo de Santiago combatendo os Mouros da Igreja Matriz de Santiago do Cacém” (2001), “Fragmentos de Eternidade. Imagens da Virgem na Arte dos Séculos XVI-XIX”, (2004), “Visões do Invisível – Património Religioso da Margem Esquerda do Guadiana” (2005), e “Peregrinação Interior. Momentos da Espiritualidade na Música Ocidental (Séculos XVII-XXI)” (2011) e “Com Voz Suave e Bem Modulada” (2012), são algumas das suas obras publicadas.