De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Colunistas

Funcionários apanhados a fazer sexo no elevador da Câmara de Braga

Olá aos que estão de férias e ao grupinho que ontem estava no McDonald’s a comentar as publicações do Maldisposto. Jovens fãs, o Maldisposto não é um grande maluco, e garanto-vos: ele ouviu tudo o que vocês estavam a falar. Sendo assim, grande abraço!

Ora, faz hoje 70 anos que Hiroshima foi bombardeada com a bomba atómica de urânio (Little boy) enviada pelos Estados Unidos. E também faz uma semana que em Braga não se fala de outra coisa sem ser dos funcionários da Câmara Municipal de Braga, apanhados a fazer sexo no elevador.
Em forma de bomba nuclear, surgiu a notícia de que houve cenas picantes no elevador da Câmara de Braga – “Todos pensavam que o elevador estava fora de serviço”. Contudo, as aparências iludem, e até estava bem activo. Segundo costa, um casal bem conhecido dos corredores da autarquia foi apanhado ao abrirem as portas do elevador em serviço (salvo seja).

A bomba que há 70 anos atingiu Hiroshima parece que começou a ter efeitos na região norte de Portugal. O tema na cidade de Braga instalou-se como se uma autêntica bomba se tratasse. Firmino Marques, vice-presidente da autarquia, diz que vai avançar com um inquérito para apurar os acontecimentos: “Pessoalmente, nada me foi comunicado”. É sempre chato quando somos os últimos a saber das últimas dos colegas. Alguma coisa está a correr mal, Firmino. Tu abre o olho, rapaz.

Embora reconheça que estas práticas sejam reprovadas, por estarem a ser executadas em espaços públicos, vale a pena saber se estes funcionários que foram apanhados a fazer sexo no elevador estavam em horário laboral. São estes pormenores que podem fazer toda a diferença, porque se estavam em hora de almoço, podem sempre alegar que estavam com fome e pronto. A coisa deu-se.

E pronto, já chega de escrever. Estou com preguiça e ainda não tomei café.