De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Lifestyle

Exportações de vinhos alentejanos batem recorde

O ano de 2017 ficou marcado por um aumento de 11,9% nas exportações de vinhos alentejanos, tendo-se superado o valor de 65 milhões de euros.

De acordo com a Comissão Vitivinícola Regional Alentejana, mesmo com o preço a subir 9,4%, os importadores internacionais pagaram em média 2,43 euros por garrafa de vinho do Alentejo, um preço superior à média nacional de 2,11 euros por garrafa nas categorias DOC/Regional.

O ranking de países importadores de vinhos do Alentejo inclui no TOP 5 o mercado de Angola, Brasil, Estados Unidos da América, Suíça e China que representaram 59% do valor exportado e 50% da quantidade. “Os mercados fora da Europa comunitária foram os principais compradores (74% em valor e 70% em volume) e também aqueles que melhor pagaram cada garrafa de vinho exportada pelas adegas alentejanas”, informa ainda a CVRA em nota hoje divulgada.

“Valorizamos muito o crescimento do preço médio na exportação, pois demonstra o reconhecimento da qualidade dos vinhos e a disposição dos importadores e consumidores internacionais para pagar mais por cada garrafa de vinho da região do Alentejo. No ano de 2017, dos 25 principais mercados o preço médio aumentou em 23 deles. Apenas Macau e Espanha tiveram uma diminuição”, nota Francisco Mateus, presidente da CVRA.

O mesmo responsável destaca ainda o facto de “2017 ter sido um ano com um desempenho notável ao nível do valor da exportação, em que os vinhos DOC Alentejo, com as suas oito sub-regiões, deram um grande impulso para o crescimento. Da quantidade de DOC exportado, 26% teve um preço médio superior a 4,00 euros por garrafa. Em 2016 a percentagem era de 16%. Também houve melhorias no vinho Regional, que é exportado em maior volume”.