De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Europa

Dinossauros da Lourinhã viajaram até Deuil-la-Barre

Uma exposição sobre dinossauros do Museu da Lourinhã vai estar patente na cidade francesa de Deuil-la-Barre, nos arredores de Paris, até 08 de abril, no âmbito da iniciativa “Jurassic Deuil”.

A exposição de paleontologia, intitulada “Os Dinossauros da Lourinhã em Deuil-la Barre”, vai apresentar vários fósseis extraídos da Lourinhã, datados do período do Jurássico Superior, “há mais ou menos 150 milhões de anos”, e réplicas de algumas das espécies mais emblemáticas da região, como o “Lourinhanosaurus antunesi”, explicou à Lusa Alexandre Audigane, coordenador do museu da Lourinhã.

Alexandre Audigane afirmou que vão ser apresentadas, também, réplicas de crânios de Ceratossauro e Brachiosauro e, também, fósseis originais de “ossos fossilizados de dinossauros”, sendo “a peça mais valiosa uma parte de um ninho com ovos de dinossauro que é um dos maiores e mais antigos ninhos de dinossauro a nível mundial”.

“Lourinhã é conhecida como a capital dos dinossauros. Temos a maior coleção de dinossauros de Portugal, a maior coleção ibérica a nível dos dinossauros do jurássico e é uma das maiores coleções a nível europeu e mundial porque temos vários holótipos, tipos que vão servir de base de comparação”, continuou Alexandre Audigane.

A mostra vai acontecer na Sala René Cassin, anexa à câmara municipal de Deuil-la-Barre, no âmbito do protocolo de geminação existente entre Deuil-la-Barre e a Lourinhã, sendo “a primeira vez que o museu expõe em França” com uma mostra “de grande dimensão, com 30 a 40 peças”.

A exposição vai ter também, na sala C2i, uma vertente mais contextual e pedagógica, dirigida ao público mais jovem, sobre o que é a geologia, a paleontologia e sobre a presença de dinossauros na Lourinhã, com ateliês e projeção de filmes animados sobre os dinossauros.

A iniciativa vai contar, ainda, com várias conferências, nomeadamente, “Os Dinossauros em Portugal”, hoje, animada pelo paleontólogo e colaborador do Museu da Lourinhã Octávio Mateus, e “A Lourinhã no tempo dos dinossauros”, a 8 de abril, com o paleontólogo Bruno Pereira.