De que está à procura ?

suica
Lisboa
Porto
Berna, Suiça
Europa

Brexit: embaixador português acredita que novo referendo nada mudaria

29 de março de 2019, 23 horas. Theresa May definiu o ano, o mês, o dia e a hora do Brexit, em novembro do ano passado. O Reino Unido vai abandonar a União Europeia. A decisão decorre do referendo realizado a 23 de junho de 2016, que culminou com uma vitória à tangente do ‘Sim’, com cerca de 52 por cento dos votos.

As negociações começaram, oficialmente, há um ano, com as duas partes a discutirem o artigo 50 do Tratado de Lisboa, que prevê a saída de um Estado-membro.

Na opinião do embaixador de Portugal em Londres, o processo vai chegar a bom porto. Para Manuel Lobo Antunes, a primeira-ministra britânica tem mostrado capacidade para liderar o Brexit. Apesar de liderar um governo minoritário “tem alcançado os objetivos a que se propôs”.

Dois anos depois do referendo, o diplomata acredita que se a consulta aos eleitores fosse repetida, o desfecho não seria muito diferente, vincando a tendência do ‘Não’ no eleitorado urbano e do ‘Sim’ no eleitorado rural.

Entrevistado pela TSF, Manuel Lobo Antunes, destaca o Reino Unido como “um país muito livre, democrático e exemplar”, por isso as divisões quer a nível político, quer a nível social, não terão qualquer efeito no processo. Nem mesmo as opiniões divergentes dentro do partido conservador de Theresa May. O embaixador ressalva o sentido de responsabilidade, afirmando que “os conservadores na hora H sabem unir-se”.